Padre Jacó Sidarta de Sousa Vieira é natural da cidade de Santa Quitéria, Ceará. Tem seu aniversário natalício no dia 15 de junho. Filho do Sr. José Mendes Vieira e da Sra. Maria das Graças Andrade de Souza Vieira. É o segundo mais velho dos sete filhos.

Recebeu a graça do batismo no dia 22 de setembro de 1984 na igreja matriz de Santa Quitéria, ministrado pelo Mons. Luís Ximenes Freire. Sendo confirmado o primeiro Sacramento pelo então bispo Dom Valfrido Teixeira Vieira no dia 17 de dezembro de 1997. Desde sua infância seus pensamentos sempre foram voltados para o desejo de ser sacerdote e esses sentimentos eram alimentados pelo testemunho de santidade de seu pároco, do qual era coroinha, e pelo incentivo de amigos e professores.

Depois de concluir os estudos nos colégios Centro Educacional Fonseca Lobo e Municipal Quiteriense,  demonstrou engajamento no serviço pastoral da comunidade paroquial, foi enviado para o seminário São José de Sobral pelo padre José Edmilson Eugênio.

Tendo terminado a experiência como propedeuta, seu estimado reitor Padre João Batista Frota o enviou para o curso de filosofia no antigo Seminário da Prainha em Fortaleza. Com a fundação do curso de teologia em Quixadá no Instituto Filosófico Teológico Imaculada Rainha do Sertão, Dom Aldo Pagotto que na época era bispo diocesano de Sobral enviou seu querido seminarista Jacó para que fizesse seus estudos teológicos na universidade nascente.

Ao concluir o que as leis da igreja exigem para ordenação sacerdotal, foi enviado para paróquia de São Sebastião em Ipu, Ceará, ficando sob orientação do paterno Padre Raimundo Nonato Timbó de Paiva. No dia 8 de setembro de 2004 (Natividade de Nossa Senhora) foi ordenado diácono pelas mãos do bispo diocesano de Crateus Dom Jacinto de Brito Sobrinho, pois a Diocese de  Sobral estava vacante. A solene celebração aconteceu na igreja matriz de São Sebastião, em Ipu, e contou com numerosa participação de padres e fieis da Diocese Sobralense.

No dia 28 de janeiro de 2005 na Catedral de Nossa Senhora da Conceição de Sobral o diácono Jacó Sidarta de Sousa Vieira foi ordenado padre pelas mãos do mesmo bispo que lhe conferiu o diaconato. Sua primeira missa foi celebrada com solenidade no outro dia na sua paróquia de origem -  Santa Quitéria - e também na cidade onde exerceu as funções de diácono - Ipu. Depois de padre, deu continuidade aos trabalhos que havia fazendo em Ipu, mas agora com a provisão de vigário paroquial. Depois de alguns meses Dom Fernando Saburido o transferiu para a paróquia do Sagrado Coração de Maria, em Morrinhos.

Em 2007 a convite da comunidade Católica Shalom fez uma peregrinação de 10 dias em Portugal e Roma.

Em 29 de novembro de 2008 por indicação da vereadora Maria Alberto Soares, da Câmara de Vereadores de Morrinhos, recebeu o título de cidadão morrinhense.

Em 12 de dezembro de 2009 na 26ª festa das personalidades, promovida pelo Rotary Club de Santa Quitéria, padre Jacó foi homenageado como uma das personalidades rotarianas, sendo indicado pelo então vereador José Francisco de Paiva.

Sua posse como pároco em Morrinhos foi no dia 30 de Outubro de 2005 e, desde então, segundo o que diz o povo de Morrinhos tem prestado, com a graça de Deus e a proteção de Maria Santíssima, um fecundo trabalho de evangelização que tem transformado a vida das pessoas que moram por aquelas terras do Vale do Acaraú.

Professor Humberto Sales

____________________________

Padre Jacó assumiu o pastoreio na Paróquia Senhora Sant'Ana no dia 23 de Fevereiro de 2017.