Paróquia Senhora Sant’Ana celebra 12 anos de criação

Oliveira

Um tríduo festivo celebrado nos dias 7, 8 e 9 deste mês marcou a celebração dos 12 anos da criação da Paróquia Senhora Sant’Ana, em Varjota

Representantes das pastorais, grupos, movimentos, setores e comunidades

As comemorações dos 12 anos da Paróquia de Varjota teve início com a missa do Sagrado Coração de Jesus, celebrada no dia 7 (primeira sexta-feira do mês, como de costume). Dando continuidade ao tríduo, a programação ainda contemplou as comunidades de Sangradouro e Olho D’água dos Trajanos com celebrações eucarísticas presididas por padre Jacó, no dia 8.

Celebração da Primeira Eucaristia

O último dia do tríduo foi marcado por uma programação que teve início com a Santa Missa na Igreja Matriz às 8h, onde 89 crianças realizaram a primeira eucaristia. Na homilia, padre Jacó direcionou inicialmente uma mensagem aos pais das crianças, afirmando a necessidade do incentivo à participação na vida da Igreja. “Nós vivemos numa batalha. Ou você dá seu filho para as coisas de Deus, ou você perde seu filho para o mundo. O mundo, ele não constrói, de acordo com o vocabulário bíblico, o mundo aqui é a bebedeira, é o vício, é imoralidade, injustiça, é coisa errada. Então é muito importante que um pai, muito mais do que pelas palavras, mas pelo exemplo de vida traga os filhos para Igreja”, afirma o pároco.

Além da missa celebrada na manhã do domingo, os paroquianos agentes de pastorais tiveram um momento de espiritualidade conduzido por padre Jacó, seguido de uma breve confraternização no Centro de Pastoral Dom Antonio Fernando Saburido (CEPAF).

A culminância das festividades foi realizada na missa solene celebrada às 19h. E baseado no Evangelho do dia, Padre Jacó, convidou os fiéis a serem “sal da terra e luz do mundo”, a fim de derem continuidade ao serviço de evangelização na Paróquia. E nesse sentido, o pároco ainda convidou aos paroquianos a refletirem sobre a caminhada de fé do povo varjotense.“A vida de evangelização nesta terra é antiga”, afirmou Padre Jacó ao recordar a história dos padres que passaram por Varjota, desde criação da cidade. “E logo a graça aconteceu. Esta cidade recebeu uma oportunidade, uma graça especial. Não é mais uma capela da Paróquia de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, mas é uma paróquia, uma porção do povo de Deus, que tem um sacerdote que cuida do povo, e também um povo que recebe uma graça intensa de evangelização para também evangelizar”, ressalta o pároco, e ainda conclui reforçando a necessidade do compromisso de fé: “É muito importante que sejamos evangelizados e evangelizemos, senão nossa vida perde o sabor”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

Fiéis de todo o Brasil se preparam para a Romaria do Terço dos Homens

De 14 a 16 de fevereiro, são esperados 80.000 homens no Santuário Nacional de Aparecida Cerca de 80 mil fiéis são esperados na Romaria do Terço dos Homens que acontece a partir do dia 14 de fevereiro em Aparecida, SP.Participantes de todo o Brasil já se preparam para um dos […]